7.12.16

20 Lojas Afro para comprar roupas e presentear nas Festas de Fim de Ano

O blog OUBP é um blog de moda, mas que sempre foi muito além de apresentar tendências e estimular o consumo. Empoderar nossos leitores sempre foi nosso grande objetivo, assim como valorizar  e divulgar talentos negros , seja na moda ou nas artes . Pensando nisso decidi fazer um " Guia" com marcas de estilistas negros que tenho acompanhado pela internet e super admiro o trabalho.Muitos deles que não estão nas grandes semanas de moda ,nas grandes revistas ou nos melhores pontos de vendas ,mas estão aí produzindo um trabalho autoral ,criativo e cheio de qualidade,resistindo a cada dia nesse mercado de moda racista que nos invisibiliza todos os dias. A intenção desse post é ligar estilistas negros ao público consumidor, a quem acredita que a "compra afirmativa" pode transformar vidas e estimular a promoção social desses grandes talentos , seja você negro, branco, não branco.

Espero que esse post seja útil e apresente novas possibilidades de consumos ,além das óbvias e que não nos representam. Segue abaixo algumas dessas marcas incríveis!

1 . Naya Violeta


Uma das marcas mais lindas que conheci ultimamente na internet . Da estilista goiana Naya Violeta, a marca desenvolve coleções com tiragem limitada, Naya traz misturas de estampas e uma brasilidade de roda, para dançar e remexer com conforto.


Criada no período da faculdade em 2010, Naya Violeta explora e brinca com design criAfetivo em peças com mix de estampas, trajes de banho em crochê e hot pants. Peças coloridas com estampas exclusivas e outras garimpadas pelas andanças da estilista.Produção em um ritmo amoroso de slow fashion, recebe com café e bolo em seu ateliê e as peças podem ser encontradas também na loja Casulo Moda Coletiva. Compre aqui .






































2.TTRAPPO








































Criada pelo estilista Rafael Joaquim, a marca TTrappo trabalha com conceito de Upcycling e desenvolve suas peças a partir do descarte e sobras de tecidos da indústria da moda. As peças tem referências nas raízes africanas e na autenticidade do subúrbio carioca, onde o estilista nasceu, o que Rafael conceitua como a estética do AFROntamento. 

Vocês encontram a TTrappo no site : aqui.

3.VERKKO








































Desenvolvida pela estilista Thaís Delgado, a  VERKKO busca produzir uma moda atemporal, sensual, elegante e minimalista. Tem como grande inspiração a temática urbana e gráfica. Vocês encontram a Verkko : aqui.

4. DRESSCORAÇÃO


Desenvolvida pelas irmãs baianas  Loo e Luma Nascimento, a marca Dresscoração é hoje uma das maiores referências de empreendedorismo negro na moda. As meninas desenvolvem uma moda completamente autoral, que valoriza as raízes africanas e a cultura brasileira. As peças são desenvolvidas  com um minucioso garimpo de texturas e estampas nacionais que refletem a inegável herança africana em suas cores e formas. Processo este que elas deram  o nome de Bráfrica .

Vocês encontram a marca aqui



5.NZINGA

Idealizada por duas Afroempreemdedoras Brasileira e Angolana, Luana Bartholomeu e Rosana Mendes, a marca tem como objetivo valorizar a Cultura e a Beleza Afrobrasileira, através da moda. Vocês encontram Nzinga : aqui









































6. FOWLER








































Marca desenvolvida pelo carioca Fabrício de Oliveira em 2013, inspirada no Lifestyle do subúrbio carioca, desenvolve camisetas com temáticas que falam da cultura local , a Zona Norte, onde Fabrício nasceu e vive. Vocês encontram Fowler : aqui .


7. BAOBÁ BRASIL

A Baobá-Brasil, é uma marca de roupas e acessórios, criada em 2006 na cidade de São Paulo, pela estilista e jornalista brasileira Tenka Dara. A grife Inspira-se na relação entre as Áfricas e o Brasil , cria pontes entre culturas. As roupas e acessórios são feitas com as CAPULANAS, tecidos tradicionais em muitos países africanos. As peças são ao mesmo tempo étnicas e contemporâneas, feitas para dar cor ao cotidiano.

Vocês encontram a marca aqui .










































8. SUBVERSE








































Desenvolvida pelo músico e fotógrafo paulista Moah Búfalo, a  Subverse desenvolve camisetas que demonstram a paixão do Moah pela música e fotografia, além de trabalhar temas como empoderamento negro. Vocês encontram a Subverse : aqui

9. MADE IN JOTA








































Desenvolvida pela carioca  Júlia Gravano , a  Made in Jota é uma marca de moda feminina que cria e produz roupas exclusivas, versáteis e atemporais para mulheres que priorizam o consumo consciente e entendem a importância do movimento slow fashion. A ideia é incentivar a produção artesanal, em tiragem limitada e uma compra com mais significado, valorizando a importância da moda ética e local e desmistificando que o atemporal só pode ser básico e com cores neutras. Por coleções menos datadas e pautadas por estações do ano. SLOW YOUR FASHION.

Vocês encontram a Made in jota  aqui .


10.ISSAC SILVA







































Desenvolvida pelo baiano Isaac Silva, que hoje é um dos nomes mais promissores da Semana dos Criadores , semana de moda paralela ao SPFW. O estilista desenvolve  moda feminina, de roupas e acessórios para uma mulher forte, moderna e romântica, que não deixa de lado um ar de rebeldia glamourosa.

Vocês encontram a marca aqui.


11. A QUIXOTESCA

Desenvolvido pela designer e artesã Angel Guizino, a  marca desenvolve acessórios, brincos, pulseiras e colares a partir da reutilização de materiais como latinhas de alumínio, tetra pak e tecidos de peças de brechós e peças doadas, que servem para criação de seus acessórios. Suas coleções tem inspirações em tribos africanas. Vocês encontra a marca : aqui.





12. Gabi Monteiro

Marca da Estilista carioca Gabi Monteiro, recém formada pela Puc Rio. Lançou recentemente  Devir, a primeira Coleção Cápsula da marca, e a loja virtual.  "DEVIR vem para celebrar o constante movimento do ser, assumindo novas formas, e adquirindo novos desejos, em seu tempo. Creio que conseguimos simplesmente ser, a partir do momento que entendemos o valor de nossas raízes.  Por isso voltei a uma das minhas primeiras memórias de infância, que eram as festas da família Monteiro,  na casa da saudosa vovó Francisca Monteiro,  na favela da Babilônia. Lá realizei as fotos desse editorial e lookbook, afim de ir de encontro com a minha linguagem, a quem eu sou.`` Gabi Monteiro

Encontra a marca aqui .










































13.UZURI

Desenvolvida pela carioca Thayná Trindade,  a  Uzuri busca exaltar o brilho e a beleza da mulher negra e suburbana,através de peças que trazem o equilíbrio entre o exagero e o glamour. Pensando a produção de acessórios com um design inovador e a utilização de materiais de uso comum.Mais do que uma marca de acessórios, Uzuri é um coletivo que busca empoderar e dar visibilidade a belezas que não são vistas como socialmente aceitas.

Vocês encontram a marca aqui.







































14. MIG Jeans


Desenvolvida por três amigas cariocas, a modelo Mayra Salie, a estudante de moda Isa Maria Rodrigues e a fotógrafa Luana Depp, a marca hoje é um dos exemplos de maior destaque quando o assunto é Upcycle e moda sustentável. A MIG Jeans é uma marca de upcycle e economia circular, trabalhando com o reaproveitamento de peças em desuso, criando em cima dos defeitos e produzindo através de resíduos têxteis trazendo de volta ao mercado jeans em fim de vida útil. A marca trabalha com venda de peças únicas, serviço de customização em peças garimpadas, doadas e de clientes, em ações de doação em troca de desconto, a fim de abrir mentes para uma nova realidade de produção e consumo consciente.

Você encontram a marca na Malha, novo pólo de moda sustentável e novos estilistas ou no site : http://www.migjeans.com.br/









































15. Aurora

Desenvolvida pela estudante de moda  Isabella Suzart , a  A-Aurora é uma marca carioca de sapatos desenvolvida de forma artesanal, todos feitos à mão por encomenda, você escolhe a cor que deseja.

Você encontra a marca aqui .







































16. Alea

Desenvolvida pela estilista carioca Marina Trintade , a Alea é um marca que desenvolve peças de extrema elegância e bom gosto . Alea, com sua moda autoral, criou seu D.N.A através de uma modelagem arrojada, corte e caimento perfeitos.
Com design leve e sofisticado, suas peças são feitas para uma mulher moderna e comospolita, que não segue tendências mas sempre valoriza a personalidade e o conforto.

Compre aqui .











































17. Snipper

Minha linha de roupas, nascida em 2015. Uma marca para o homem que curte se vestir bem e busca informação de moda. As coleções são todas inspiradas na cultura negra e em ícones negros que influenciaram a Cultura Pop . Fresh Prince foi a minha última coleção cápsula inspirada na famosa série de Will Smith.

Compre aqui .










































18 . Maria Chantal

Marca de roupas da nossa colaboradora das Tags de Artes , a marca Maria Chantal é desenvolvida pela designer Angola, hoje moradora do Rio de Janeiro e militante  nas causas raciais. Chantal desenvolve uma linha de camisetas com frases de empoderamento que inspira e veste meninas e meninos por todo Brasil.

Compre aqui











































19 .Vaca de Pelúcia


Desenvolvida pela estilista Marisol Ribeiro, a Vaca de Pelúcia é uma marca divertida, feminina e cheia de cor.  Com valores de Slow Fashion, Marisol desenvolve peças em pequenas quantidades, com garimpos de estampas e muito handmade, como suas bolsas em crochê. Outro forte da marca são as calças e saias Pareô ,que são ajustáveis ao corpo e cabem em mulheres de vários tamanhos.


Compre aqui .









































20. Miscê

Desenvolvida pelas colegas de faculdade, Bruna e Kel  , a Miscê nasceu  quando as duas perceberam  que sempre se encantaram com a multiplicidade de cores, gostos, estilos, influências e possibilidades que a cena urbana de São Paulo oferecia.O gosto pela mistura foi a base para uma amizade duradoura e que trouxe ao mundo a Miscê, uma marca que carrega no seu nome um apelido carinhoso para a palavra miscelânea, sinônimo de junção, mescla, encontro - mistura. A marca apresenta uma linha de produtos composta por bolsas, carteiras, lenços, meias e capas de celular e tablet. São acessórios cuidadosamente desenvolvidos a mão, idealizados para tornar a vida das pessoas mais fácil, divertida e colorida. Possuem bom acabamento, são delicados e estilosos, mas aguentam o tranco do dia a dia maluco que vivemos.

Compre aqui .




22.11.16

LookBook: calça rosa quartz + camiseta branca

Olá pessoal !!!!

Tem vídeo com lookbook novo lá no canal do blog no Youtube. Depois de muita procura achei minha calça rosa quartz, na seção feminina da Renner. Infelizmente, as marcas brasileiras de moda masculina não conseguem acompanhar as tendências de moda que surgem e além de tudo, ainda estão engessadas num padrão de masculinidade completamente retrogrado, daí a grande alternativa é achar na seção feminina. A ideia era compor um visual urbano com uma calça mais skinny e um camisetão longline e tênis clarinho compondo um visual mais clean. Espero que curtam o vídeo e quem ainda não se inscreveu no canal corre lá e deixa se like ;)



27.10.16

Conheça Akeen Dos Santos : O modelo Plus Size Negro que bombou no desfile do Emicida

Quem está acompanhando a  42ª edição da  SPFW, maior semana de moda do Brasil, está ligado que o desfile da LAB, dos irmãos do rap Emicida e Fioti, foi o desfile que mais bombou e causou polêmica na time line do Facebook de todo mundo que lê esse blog. Eles deram um show de representatividade na passarela com um time de modelos completamente fora do padrão eurocêntrico e entre todos os modelos , quem roubou a cena foi o belíssimo modelo Plus size Akeen Dos Santos, 24 anos. Afinal, em quantos desfiles da SPFW você  já viu um modelo masculino gordo? E além de gordo Negro? Sim mores, o Akeen tá sendo pioneiro e certamente vai abrir a discussão para falta de representatividade gorda na moda masculina. E pensando nisso decidimos entrevistá-lo pra saber um pouco mais sobre ele e sobre como é ser um modelo Plus Size Negro. Fiquem ligados no bate papo!

Como você iniciou a carreira de modelo?
Iniciei através de amigos que sempre me indicavam, sempre falavam pra eu começar a investir, devido aos meus looks diários, minhas coleções de tênis e meu amor pela moda, um dia decidi dar ouvidos e foi aí que comecei. Fiz uma entrevista sobre moda plus size masculina para a @UOL e logo depois desfilei (meu primeiro desfile) no São Paulo Fashion Weekend, um dos maiores eventos de moda plus.


Com que você trabalha ou trabalhava antes?

 Eu sou formado em Enfermagem e ainda trabalho no período noturno.

Através dos seus perfis nas redes sociais dá pra ver que você é super estiloso e curte moda .Como começou esse interesse? 

Desde pequeno eu tenho um affair pela moda, infelizmente a moda não me vestia muito bem quando eu era criança e quando adolescente comecei a amar o street wear por ter as roupas que eu queria no tamanho que eu queria, foi ai que meu amor só cresceu


Você sente dificuldade em achar roupas legais do seu tamanho? Se  sim, como faz pra resolver esse problema e se vestir tão bem?

Ainda sinto dificuldade em achar peças conceituais tipo : tecidos coloridos, estampas únicas, étnicas etc... muita das vezes recorro às costureiras, ou eu mesmo faço algumas peças com os panos que garimpo por aí.

Como rolou o convite pra fazer parte do casting do desfile da LAB?

Através da minha agencia, a África. fomos participar do casting. Muita gente bonita, muita gente branca, muita gente padrão, e deu certo.

O que você diria para os meninos negros Plus size que sonhar ser modelos ? Tem alguma dica ?

"O importante é ser você" Autenticidade é tudo, as pessoas vão gostar  de você e também te odiar pelo mesmo motivo!

Como as pessoas podem entrar em contato com você pra campanhas, desfiles ...? No meu e-mail mesmo: Akeenkimbo@gmail.com ou no e-mail da minha agencia : apsfwb@gmail.com

Voc~es também podem segui-lo no Instagram : @Keenzao


Curtiram saber tudo sobre ele ? Agora fiquem ligados no quanto ele é estiloso e ousa mesmo na hora de se vestir!
















































































































Curtiram saber mais do Akeen ? Deixem seus comentários!

13.10.16

Moda e Racismo : o lugar em que a estampa da Maria Filó persiste em nos colocar

Esse texto é pra falar do quanto o mundo da moda é racista! E todos sabemos disso. Esse racismo não é nem mais velado, ele é explícito mesmo. Hoje fui surpreendido com a imagem de uma estampa de uma famosa marca carioca de moda feminina "made in Zona Sul ", a Maria Filó . Uma estampa com um pattern que ilustra mulheres negras escravizadas servindo mulheres brancas, sentadas à sombra de belos coqueirais. A imagem chegou até a mim através de um post de uma amiga jornalista de moda  que admiro muito e que também trabalha firme pra desconstruir e tornar esse mundo da moda menos racista. A origem do post veio de um cliente negra que foi à loja da marca e pra variar foi pessimamente mal atendida pelas vendedoras ( imaginem por quê?), situação que nós negros passamos diariamente em shoppings. Quando não somos ignorados pelos vendedores, somos perseguidos e vigiados por seguranças. Esse mesma cliente, depois desse péssimo atendimento, se deparou com uma peça de roupa com a tal estampa e foi questionar a vendedora se tal peça tinha algum contexto ou se era mesmo racismo .

O que vocês sabem de Pindorama ? Nome que utilizaram pra batizar essa imagem. 


A vendedora como era de se esperar ficou sem resposta. Aquela estampa não dizia nada pra ela, nada que causasse constrangimento, vergonha, dor ou ódio, como aquela cliente sentiu, como eu senti! Assim como não dizia nada para vendedora, não dizia nada também para toda equipe da Maria Filó que produziu a estampa. Imaginem quantas pessoas por trás desse processo criativo e de produção : estilista, assistente de estilo, design de estamparia, diretor criativo, fotógrafos, marketing... Uma caralhada de profissionais incompetentes e que devem ter estudado nas melhores escola de Londres ou de Paris, mas que ainda não aprenderam que uma marca não se constrói só com imagens, se constrói com conteúdo e história. E quando não dominamos uma história, não devemos contá-la. E esse foi o grande erro da Maria Filó, mais um caso de Apropriação Cultural, mais um caso de marca querendo lucrar com a nossa imagem, com a nossa dor. Mais um caso de marca que é racista e passa batido. Mais um caso de racismo que não configura como crime, mais um caso de imagem que se você denunciar ao Facebook ou qualquer outra rede social, não dá em nada, porque não ofende ninguém. Mas eu e diversas amigas(os) negros nos sentimos diretamente ofendidos, contudo a nossa dor como sempre não importa ! E essa dor triplica, quando você para pra imaginar que essas marcas agem assim, de forma racista não é de hoje. Pega o histórico deles e vê quantas modelos negras já contrataram ou melhor, pesquise se há fotos de modelos negras nas redes sociais delas, vá mais a fundo e pergunte se nos melhores cargos da empresa existem profissionais negros, devem existir costureiras provavelmente, as mais exploradas e que menos recebem. Pesquise toda cadeia produtiva e veja que negros só aparecem nas funções que são expressas na imagem da estampa deles : servindo a brancos. Um lugar do qual nunca vão nos tirar. Marcas como essas tem orgulho da sua história, eles não consideram que seus antepassados foram escravizadores e que eles são reprodutores dessa história. Pra brancos, todo processo de escravização da gente foi necessário para o progresso do mundo. Seus antepassados são grandes heróis e não escravizadores. 
 Aquela imagem me gerou tanto ódio que lembrei dessa imagem abaixo.



























E talvez ela te gere muito ódio se você for branco, e se você se orgulhar desse seu passado sangrento, se você acredita em "racismo reverso", mas pra mim foi só uma forma de confrontar a imagem anterior e tentar mostrar que a nossa dor importa e vocês, brancos, devem respeitar!

27.9.16

5 dicas pra misturar estampas em looks masculinos

A moda masculina já foi bem menos careta. Os anos 90 por exemplo não viveu só do tal visual "normcore" de camisetas brancas, jeans e moletom, essa década também foi marcada por uma moda lúdica, cheia de cor e misturas de estampas, que quase beirava ao brega. Quem lembra do Will Smith na famosa série Fresh Prince ? Com suas misturas de estampas inusitadas e bem coloridas? Si , ele foi símbolo de moda dessa década e é lembrado até hoje por esse visual forte e marcante.

Quem curte moda deve ter acompanhado o desfile de Primavera-Verão 2017 da Missoni Menswear, marca famosa por suas estampas de listras e zigue-zagues, que trouxe de volta toda essa irreverência e atitude na mistura das estampas nos looks, masculinos, depois de quase duas décadas de marasmo e caretice que os anos 2000 trouxeram.

Camisas estampadas, das mais várias formas possíveis já foram incorporadas no guarda roupa masculino, mas poucos se atrevem a trocar a calça jeans por uma outra calça ou bermuda estampada pra combinar ou "mixar" com a camisa estampada .Essa é uma tarefa difícil e pensando nisso, trouxemos algumas dicas e inspirações pra você ousar e sair por aí esbanjando estilo. Fica ligado!


1 . Ao coordenar as estampas, procureusar  na estampa secundária uma cor que tenha na estampa de  maior destaque . Observe nos looks abaixo que o preto que tem na camisa mais colorida, aparece também no preto das listras de t-shirt de manga longa que é usada embaixo.



 

Parte do mix de estampas no desfile da Missoni .


2. Listras : tem uma peça estampadona, quer mistura com outra estampa ,mas não sabe qual ? Escolha uma estampa listrada, de preferência com fundo branco, pra combinar. Elas dão uma equilibrada nas cores e combinam com quase tudo. Procure ter nessa peça listra um tom que tenha também na peça de mair destaque. Isso não é uma regra, mas se você tem medo de errar, essa dica é infalível!













































































































3. Paleta de cores: a paleta de cores vai te ajudar a criar uma harmonia entre as cores e estampas na hora de misturar as peças, ela é o conjunto de cores que vão compor o seu look. Ela pode ser por exemplo, uma mistura de tons quentes, com um toque de cores terrosas e verde,  como no look baixo.














































































































Ou quem sabe um mix de azul com cores quentes !





























































4. Misture estampas com a mesma temática : você pode misturar estampas com cores bem diferentes, mas que apresentem uma temática que combine entre si. Por exemplo, padrões geométricos e /ou étnicos podem combinar entre si , como nos looks abaixo.







































Pode contrastar o geométrico do xadrez com uma estampa mais abstrata.

















































































































5. Ouse!


























































Voltando a falar do seriado Fresh Prince, ele foi a grande inspiração da nova coleção da Snipper , minha marca de roupas. Quem que foi criança nos anos 90 e não viu esse seriado? Acho que todos tem uma memória afetiva muito grande e visual também, já que os looks apresentados na série não passava despercebido. Fiz uma super pesquisa de imagens na internet das padronagens que ele usava. Algumas que hoje em dia estão super na moda, como as listras (clássico ), as estampas étnicas e africanas, as bolinhas ...Todo esse material recolhido serviu de base pra minha releitura e gerou a coleção Fresh Prince em homenagem a ele.




























































A coleção veio bem irreverente e cheia de estilo com toda essa mistura de estampas . Usamos muitas padronagens étnicas, listras e bolinhas. O editorial foi fotografado pelo nosso maravilhoso fotógrafo Bruno Granato e convidamos pra modelar, o topíssimo Miguel Lourenço. Styling by me, lógico !  Que arrasei ,sim ou claro que sim ?! kkkk






























































Curtiu o post? Deixe seu comentário ! Compartilhe com os amigos !

Gostou? Compartilhe!